Tendências de comportamento que vão influenciar a moda nas próximas estações, segundo a Vicunha

Como parte da sua já tradicional semana de lançamentos, a Vicunha, maior têxtil jeans do Brasil e da América Latina e terceira maior do mundo, apresentou três macrotendências de comportamento do consumidor que vão influenciar o universo da moda nos próximos anos.

Conheça-as:

1. Macro-Trend: RESET ACTION

Dentro desta tendência, três macro-aspectos se destacam: as novas abordagens para lidar com a realidade, a emergência climática e a ascensão do futuro.
 

A realidade do pós-pandemia pode nos trazer situações inesperadas e até adversas. Neste cenário, é importante que sejamos resilientes de uma forma criativa e valente. "Não é sobre nos manter forte e esperar a calmaria chegar, mas reagir aos acontecimentos negativos fazendo o melhor que se pode, dentro da nossa realidade. Esse mindset inspira uma estética que transmite força e atitude para prosperar em meio às adversidades da vida", explica Lorena Botti, coolhunter da Vicunha.
 

O meio ambiente também continua fazendo parte da realidade do ser humano e é por isso que a emergência climática continua influenciando no comportamento da sociedade. Todas as previsões e evidências científicas estão trazendo a "eco ansiedade", sentimento crescente na população. Este comportamento faz com que surja o que o último Fórum Econômico Mundial chama de "Global Eco Wakening", que é uma espécie de "despertar ecológico" mundial em relação ao consumo.
 

"O progresso da sustentabilidade é global e na indústria da moda a transparência se torna cada vez mais urgente. A busca por itens reciclados, reaproveitados ou retrabalhados está aumentando. De acordo com o portal WGSN, o termo 'deadstok' aumentou em dez vezes no último ano. E a tag #upcycledfashion no TikTok tem mais de 319 milhões de visualizações", afirma Botti. "Enfim, chegou o momento de as marcas lidarem com o desastre climático em nível prático, transmitindo menos promessas e mais ações", conclui.
 

O terceiro elemento que explica o Reset Action é a ascensão do futuro: a única certeza de hoje é a incerteza do amanhã. A economia pode mudar, o mercado pode evoluir e, infelizmente, novas pandemias podem acontecer. Esta realidade tão complexa faz com que o "futuro" seja cada vez mais pensado ou até mesmo "criado".
 

O futuro também está presente nas histórias distópicas. Seja na literatura, games, arte ou cinema, o gênero cresce cada vez mais. E com o retorno aos eventos sociais, as festas sazonais e o próprio fenômeno #outdoorboom crescendo cada vez mais, uma parcela dos consumidores está com o espírito aventureiro ainda mais elevado. Tanto é que esportes como motociclismo tem se popularizado dia a dia.
 

"E o público feminino tem uma parte considerável desse aumento. Segundo um estudo do Denatran, nos últimos oito anos, o número de mulheres motociclistas aumentou em 89%. Esses cenários futurísticos fazem a nossa imaginação aflorar. A estética pode explorar sensações darks, misteriosas, expressivas e lúdicas. Assim como também tem um toque subversivo e sexy. Motociclismo, grunge, metal, gótico e punk, tudo com aquele toque de futuro, inspiram criações envolventes, rebeldes e super sofisticadas", conclui.

 

3 INSIGHTS CRIATIVOS

 

Born To Be Wild: como o próprio nome sugere, as referências vêm no mundo do motocross, com peças que traduzem resistência e proteção e um styling rebelde. Um dos shapes de calça mais importantes é a Super Skinny, pois geralmente é o shape mais alinhado ao estilo motocross. Porém, com o aumento da importância das Wide Legs, shapes de calças mais amplos também aparecem de maneira importante neste Insight. É o caso também da Calça Cargo, que pode ser mais larga ou slim fit. O Inteiro, ou macacão, é uma peça chave para o público feminino, masculino e até infantil, pois traduz a referência em uma única peça. Os tops e Jaquetas desse Insight são preferencialmente mais justos e podem ser complementadas no styling com as luvas, que temos visto aparecer cada vez mais nos looks de celebridades e influencers. Os principais beneficiamentos são os: Black Denims, os Dirty Denims em diferentes nuances, o Denim Colour Resinado, principalmente em cores escuras e o uso de super rasgos em calças amplas. Um detalhe interessante é a aplicação de ombreiras em inteiros ou jaquetas. Com esse detalhe a peça pode passar a ideia de uma armadura ou até mesmo um exoesqueleto, estrutura frequentemente usada por motociclistas. Múltiplos bolsos e recortes complementam os detalhes essenciais das peças.
 

Referências: DAVID KOMA / BALMAIN / DIOR / BALMAIN / DIESEL

 

Dark Romance: é o estilo dark-gótico-emo-punk, que vem se popularizando entre os casais de celebridades que estão reeditando o estilo gótico romântico nos últimos tempos, ao estilo Kourtney Kardashian e seu relacionamento com o baterista do Blink 182 Travis Barker, ou Megan Fox e o músico Machine Gun Kelly. Aqui, a mini saia é a peça mais importante, não importa se feita em denim ou black resinado. O mesmo pode ser dito do Look Total, conjuntos com tops e bottoms iguais, não importando tanto o material e sim a simetria. A Skinny também reina soberana para os públicos feminino e masculino. Para o feminino, a cintura super alta traz a sensualidade necessária. O Black Resinado também brilha aqui, já que o core deste insight é mais roqueiro. Para o blue e o black denim tradicionais o Acid Wash e as estampas Laser trazem infinitas possibilidades de tradução do mood. O styling desse look pode ser com peças delicadas que pareçam lingerie, sempre em cores escuras, mas uma outra maneira que temos de trazer sensualidade para esse jeanswear é usando recortes estratégicos nas peças, os chamados Cut-Outs. Aplicações de tachas e zíperes importantes complementam o estilo.

 

Referências: COURRÉGES / ROBERTO CAVALLI / SANKUANZ / CONCEPT KOREA / DOLCE & GABBANA

 

Dystopian Future: a tendência de esperar por um futuro distópico só se aprofundou. Apesar do momento em que vivemos não ser tão favorável para pensar num futuro, há uma certa esperança de um futuro possível, reconstruído por escolhas mais conscientes que fizermos agora, no presente. Com o mood girando em torno das já conhecidas técnicas de Upcycling e desconstrução e reconstrução de peças, temos como shapes importantes as clássicas Jaquetas Truckers, que podem ser a peça ideal para experimentar construções e detalhes diferentes. Com forte influência dos anos 2000, as calças de cintura super baixa, low rise, aparecem também nessa estética distópica. Assim como os tops e vestidos com construção corset. E já que estamos falando de upcycling, os Recortes e os efeitos Panelleds também têm espaço, utilizando o direito e avesso dos tecidos ou então tecidos diferentes na mesma peça. Para finalizar, os principais beneficiamentos, além de todas essas formas de construção diferenciadas, podem ser as estampas feitas no laser e os efeitos manchados.
 

Referências: SANKUANZ / ANNAKIKI / NO SESSO / VIEN / DAVID CATALAN

 

2. Macro-Trend: SCROLLING THE FLOW

As atuais mudanças na sociedade, especialmente a transição da modernidade para a pós-modernidade, também têm forte influência no comportamento do consumidor. A forma como estamos experienciando e sentindo o tempo é uma dessas alterações. Os avanços da tecnologia e a transformação digital têm gerado uma aceleração do nosso dia a dia, das nossas vidas.

 

"É um bombardeio de áudios e vídeos acelerados, prazos mais curtos, gratificações instantâneas e estímulos visuais e sonoros o tempo todo. Com o nosso lifestyle cada vez mais frenético e dinâmico, as tendências, que antes duravam de cinco a dez anos, agora têm seus ciclos cada vez mais rápidos e efêmeros", explica Botti.
 

Assim, surgem as microtendências, que vem e vão em intervalos cada vez mais curtos, duram no máximo 3 anos, e, às vezes, se destacam em apenas uma temporada, ou seja, alguns meses. Mas o grande protagonista responsável por este fenômeno é o TikTok. A plataforma super democrática e queridinha da geração Z combina espaço para todas formas de expressão e um algoritmo poderoso.

 

Dentro dessa avalanche de referências rápidas, o consumidor, principalmente da geração Z e Y, se encontra cada vez mais nostálgico, visto que antes desta revolução, as informações eram degustadas com menos urgência e, além disso, relembrar o passado traz conforto e positividade.
 

"Exemplo disso é a rede social Orkut, que foi fundada em 2004 e desativada em 2014, prometendo retorno em breve. Mas esse retorno de referências nostálgicas não está sendo utilizado e sentido como na época em que aconteceram. Elas voltam repaginadas com uma releitura para a realidade contemporânea", aponta Lorena.

 

Um exemplo são as famosas "bimbos". O termo que antigamente se referia a mulheres com "só um rostinho bonito" agora vem sendo ressignificado pela geração Z. As "bimbos" contemporâneas são empoderadas e mostram que usar roupas pink e falar com delicadeza não torna nenhuma mulher menos ou mais inteligente.
 

Esse revival junto a consciência ecológica tem impulsionado o crescimento do mercado de revenda fashion. De acordo com relatório da ThredUP, o setor cresceu onze vezes mais do que o varejo tradicional e a expectativa é que este segmento movimente U$ 84 bilhões em 2030.

 

Além da nostalgia, por um outro lado o consumidor se inspira também nas tecnologias. Cada vez mais imersivas, estimulam a evolução dos negócios digitais, enérgicos e modernos, o que inspira a estética com pitadas de futuro.
 

"E aí entra o metaverso. Esse termo que virou hype trata de um lugar onde as pessoas podem se encontrar e onde ativos digitais, como produtos e avatares, podem ser criados, comprados e vendidos", pontua Botti.

 

O metaverso ainda está engatinhando, mas a estimativa, segundo a Bloomberg, é que até 2024 este setor movimente em torno de U$800 bilhões de dólares.
 

A moda começa a entrar nesta onda através dos games. Marcas de luxo como Gucci, Balenciaga e Ralph Lauren têm comercializado coleções digitais em parceria com diversas empresas de jogos e democratizado o acesso a suas criações.
 

"Criando ou não produtos digitais, o metaverso com certeza influenciará e muito o universo das fashion trends. Seja com inclinação a referências antigas ou futurísticas, as pessoas estão buscando cada vez mais novidades ao mesmo tempo que se preocupam com a sustentabilidade", afirma a coolhunter.
 

3 INSIGHTS CRIATIVOS

 

Doll World: a estética de mundo de boneca e o rosa pink são os principais elementos que dão o tom deste mood. Além das referências óbvias, vimos uma trend ganhar força no Tik Tok em que garotas assumem seu lado super girly sem constrangimentos, ao mesmo tempo que quebram esse estereótipo com bom humor e inteligência - são as Bimbo Girls. "A coleção Barbie + Balmain deu o que falar a alguns meses atrás e o Pink Valentino vai estar em todos os lugares por mais algum tempo. Aqui no Brasil a influência da estética de boneca chegou até mesmo ao funk", explica.
 

Referências: BLUMARINE / EUDON CHOI / MOLLY GODDARD / MARRKNULL / VERSACE

 

Fora a paleta de cores composta majoritariamente por pinks e rosas, as demais escolhas não precisam ser óbvias: selecionamos a cargo cintura baixa com perfume de anos 2000 como um shape super importante ao lado da calça super relaxed. Assim como tops com babados e "frufrus", os mini vestidos também são responsáveis por trazer feminilidade para o look. Para o masculino, jaquetas bombers em cores como o pink e o vermelho são uma boa aposta em pequena quantidade. As cores intensas e o blue denim se destacam como beneficiamentos. Aposte também em botões e outros detalhes em plástico colorido para trazer um ar lúdico para todo tipo de peça.
 

Bright Y2K: Onipresente nas redes sociais e no look de celebridades e influencers, o Y2K, ou anos 2000, não parece perder força nos próximos meses. Com muito a explorar nessa estética, o Insight é sobre peças e looks divertidos.
 

Referências: ASHISH / GERMANIER / DIESEL

 

"Vimos crescer o apelo de peças super curtas nas últimas coleções, chegando a serem de fato micro saias e micro tops. As calças skater com a cintura super baixa também reinam por aqui, principalmente para o público masculino, trazendo de volta a tendência de deixar o underwear à mostra dos anos 90 e 2000. Com a intenção de brilhar e se divertir em mente, estampa foil, texturas e aplicações variadas são algumas das maneiras de traduzir esse mood. Como base desses e outros detalhes aposte no vintage blue", recomenda Lorena.

 

Meta-Future: Com um pé no futuro e outro no passado, assim definimos o estilo desse Insight. Ao mesmo tempo que estamos de olho nas coleções inspiradas nas inovações do metaverso, que estão só começando, há uma nostalgia de quando pensávamos os estilos futuros antigamente, especificamente nos anos 90 e 2000, quando havia uma forte estética clubber e Raver.
 

Referências: ACNE STUDIOS / ANNAKIKI / RICK OWENS / ANNAKIKI / DIESEL

 

Os shapes relaxed e cargo são muito importantes, principalmente se compostos com tops justos e em tecidos diferenciados. Porém, as peças slim fits, justas ao corpo, também podem ser utilizadas para criar essa estética futurista, o que cria um contraponto entre shapes justos e amplos. O blue denim, o Dirty denim, o black e o resinado são as tonalidades ideais de denim para esse mood que pode ser muito diversificado em beneficiamentos. Ombreiras para os tops e bolsos e recortes para os bottoms complementam os detalhes importantes.

 

3. Macro-Trend: LIFE RESTORATION

Hoje, tudo é para ontem. A gente tem que ser mega produtivo, o receio de estar perdendo tempo é uma constante inevitável. No fim das contas, estamos "always on", ou seja, sempre em alerta!

 

Esta trend parte da vida acelerada que já mencionamos, mas aqui há uma fragmentação diferente: compartilhamos uma sociedade sobrecarregada. Se antes estávamos sempre ocupados, agora, além disso, estamos sempre cansados. O consumidor deste mood passou a não interpretar o descanso como um momento de luxo, mas sim, como um aspecto obrigatório para a saúde.

 

Este novo mindset questiona a cultura obcecada por produtividade, fazendo com que algumas empresas experimentem novos modelos de jornada de trabalho. E isto fez com que o tema saúde mental chegasse ao mundo corporativo, deixando de ser um tabu, não somente nas empresas, mas em todos os ambientes.
 

"O termo 'cuidar' está em ascensão, bem como a introspecção, desaceleração e descanso. Ambientes internos, sejam mentais ou físicos, como a casa ou nossa paz de espírito, continuam sendo sinônimo de acolhimento e seguem inspirando a moda. Ética e estética têm que andar lado a lado. Este lifestyle valoriza o descanso e a proteção", explica Lorena.

 

3 INSIGHTS CRIATIVOS

 

Simple Beauty: uma beleza simples, sem esforço. Esse mood fala basicamente de uma moda casual com peças essenciais do jeanswear, porém de qualidade premium. Aqui, temos consumidores que prezam pela beleza dos clássicos e que não mudam seu estilo de vestir a cada mês. O desejo é de ter aquelas peças original denim, feitas para durarem muitos e muitos anos.
 

Referências: CELINE / GOLDSIGN DENIM / NILI LOTAN / REFORMATION

 

Começando pela calça reta, um clássico atemporal do original jeanswear, que pode ser a peça chave tanto do guarda roupa feminino quanto do masculino. Outro clássico, o trench coat também figura aqui como uma peça importante. Há espaço para adicionar detalhes às tradicionais jaquetas truckers. Calças Boot Cut e Inteiros com cintos do mesmo tecido complementam a lista de peças-chave do mood.

 

Também na parte de beneficiamentos, os clássicos do blue denim são valorizados, como o uso de used, super stone, sal pimenta e amaciados. Para o denim colour, aposta em cores neutras, que duram muitas estações.

 

Extreme Comfort: desde o ano passado, quando Rihanna e seu namorado A$ap Rocky chegaram ao baile do Met vestidos com looks que lembravam edredons e cobertores, as definições de extremo conforto foram atualizadas. De lá pra cá, vimos diversos looks em diferentes coleções que traziam um toque glamouroso para peças matelassadas e oversized. Esse ano, o look matelassado versão noite foi atualizado no mesmo Met Gala por Gigi Haddid. Conforto e um tipo de proteção têm vindo sempre em primeiro lugar.
 

Referências: Y PROJECT / GIVENCHY / LEMAIRE / DIOR / CALCATERRA

 

Jaqueta puffa, cada vez mais volumosa, é a primeira peça para apostar nas coleções de inverno, em versões denim e denim colour. Outros tops, como jaquetas e camisas oversizeds, também são importantes, principalmente os camisões amplos se as coleções forem de verão. Novamente, os bottoms relaxed fit aparecem de maneira importante, assim como também é importante apostar em peças de moletom denim e malha denim, afinal, estamos falando de conforto.
 

Home Upcycling: neste Insight a ideia é explorar os fazeres manuais de uma maneira diferente, linkando atividades que fazemos muitas vezes como hobbie a técnicas de upcycling. O denim é o artigo chave para reconstruir a estética de peças básicas que se transformam em peças únicas e diferenciadas.

 

Referências: BENJAMIN BENMOYAL / DIESEL / KAPITAL / GCDS

 

O shape mais importante para esse mood é o shape com alguma intervenção de estética hand made, pode ser panelled, patchwork, matelassê ou reservas de cor. Tops e bottoms são elegíveis para essas intervenções. Os detalhes e beneficiamentos são as estrelas nesse insight.



 

Sobre a Vicunha

Reconhecida mundialmente pelos elevados padrões de qualidade e sustentabilidade, a Vicunha é uma multinacional brasileira presente na América Latina, Europa e Ásia. Com mais de 50 anos de mercado, é referência global em soluções jeanswear, atuando no segmento de tecidos denim e sarja. Além de produtos inovadores, a empresa também é reconhecida pela sua atuação ética e transparente, fundamentada no respeito ao meio ambiente e à pluralidade de estilos, que estimula cada pessoa a expressar sua jeansidentity. Recentemente, aderiu ao Pacto Global da ONU, comprometendo-se com duas ODS, e tornou-se a primeira têxtil a integrar o projeto SouABR, de rastreabilidade do algodão.


 




SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS




MAIS ACESSADAS NO SITE::

Moda sustentável: Qual a importância dela na atualidade ?

Tricot é tendência para 2022; saiba como usar e fazer looks arrasadores

Artistas e mundo da moda multiplicam possibilidades e ganhos no metaverso