MODA: Singer amplia portfólio com novas máquinas eletrônicas

 Com botão start stop, as máquinas apresentam atributos como operação intuitiva, robustez e precisão nos pontos

O mercado de máquinas de costura eletrônicas teve um crescimento de 306% em 2021 se comparado a 2020, segundo dados levantados pela Singer do Brasil, marca do Grupo SVP Worldwide, líder mundial na fabricação de máquinas e acessórios de costura domésticos e industriais. Aproveitando o cenário de procura crescente por este tipo de máquina, a fabricante anuncia o lançamento de dois novos modelos eletrônicos C7255 e a Elite CE677.


De acordo com Concheta Feliciano, diretora de marketing da Singer para a América Latina, a novidade contribui para a expansão das linhas de máquinas eletrônicas da marca. "Este segmento está muito promissor visto que no primeiro semestre deste ano já vimos um aumento da categoria e, por isso, estamos apostando nesses modelos para expandir as nossas linhas de máquinas eletrônicas. Estamos trazendo produtos muito inovadores, com alta tecnologia e features que facilitam o dia a dia do empreendedor de costura", afirma.


A executiva explica que as máquinas eletrônicas são muito fáceis de usar por serem intuitivas, o que beneficia tanto quem já costura há muito tempo, como quem está começando.


Os novos modelos são robustos e ideais para projetos de costura e artesanato, possibilitam trabalhar com diversos tipos de tecidos e explorar a criatividade e personalização com as centenas de pontos disponíveis.


C7255

A máquina possui 192 pontos utilitários, essenciais, decorativos e flexíveis, que possibilitam 417 tipos de aplicação. O produto possui ainda 6 casas de botão para tecidos planos e flexíveis, corte de linha automático, fonte de letra, ajuste na largura do ponto em até 7mm e no comprimento até 4,5 mm. A C7255 conta com visor LCD que melhora a visualização e ajustes dos pontos, botão de retrocesso, tecla start/stop e opção de pregar botões. O preço sugerido é de R$ 3.099,00.

 

Elite CE677

O modelo conta com 119 pontos utilitários, essenciais, decorativos e flexíveis. 411 tipos de aplicações de ponto e 6 casas de botão possibilitando realizá-los em um único passo, além de tecla start/stop, controle manual de velocidade, fonte de letra e tela LCD que facilita a visualização do ponto selecionado e a sapatilha utilizada. O preço sugerido é de R$ 2.949,00.

 

Concheta ressalta que as máquinas de costura eletrônicas são práticas e possuem ajustes de pontos automáticos. "Vale ressaltar ainda o atributo da praticidade, pois as máquinas têm teclas star stop e ajuste de pontos automáticos, funções que colaboram bastante no dia a dia de trabalho", reforça a diretora.



Para saber mais sobre os novos modelos e máquinas eletrônicas da Singer acesse a Loja Singer.
 



Sobre a Singer do Brasil 

Com 170 anos de atuação, a Singer é líder mundial na fabricação de máquinas e acessórios de costura domésticos e industriais. Seus produtos estão presentes nas maiores lojas do varejo, lojas especializadas em máquina de costura, comércio eletrônico e ateliês de costura e artesanato de todo o País. A companhia, por meio de sua forte presença global, desenvolve competências dentro de uma organização de alto desempenho, com o objetivo de gerar o mais elevado nível de valor agregado aos seus clientes, colaboradores, acionistas e sociedade.

A presença da Singer do Brasil transforma a vida das comunidades em seu entorno, uma vez que estimula o empreendedorismo, o empoderamento feminino e a geração de empregos, além de dinamizar a economia e promover uma nova cultura, mais moderna e dinâmica entre os funcionários e seus familiares. Para mais informações sobre a empresa, acesse o site oficial.





SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS






MAIS ACESSADAS NO SITE::

Moda sustentável: Qual a importância dela na atualidade ?

Tricot é tendência para 2022; saiba como usar e fazer looks arrasadores

Artistas e mundo da moda multiplicam possibilidades e ganhos no metaverso