MODA: Comércio varejista mostra alta de 1,3% frente ao primeiro trimestre de 2021 e Bibi cresce de 75% no mesmo período



Volta às aulas impulsionaram vendas da marca de calçados infantis

 

O setor de comércio varejista nacional segue em crescimento em 2022. É o que mostra a pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada na segunda semana de maio. Segundo o instituto, no primeiro trimestre do ano, o Varejo registrou alta de 1,3% frente ao mesmo período do ano anterior, mostrando a recuperação e crescimento em vendas de cinco das oito atividades monitoradas. A Bibi, marca de calçados infantis e com mais de 130 lojas no Brasil, segue o mesmo patamar registrado pelo órgão de pesquisa. Nos três primeiros meses deste ano, a rede cresceu 75% em vendas, se compararmos com o mesmo intervalo de 2021.

 

Com operações exclusivas para a comercialização de calçados e acessórios para crianças de 0 a 9 anos, a rede aposta na expansão de lojas para ampliar a presença no Brasil. Para 2022, a rede prevê implantar 37 operações, sendo 25 em solo brasileiro e 12 no exterior. Além disso, a Bibi também investe em novas estampas e produtos, com lançamentos de coleções e serviços digitais, como venda via link, e-commerce e aplicativo, canais que permitem alavancar as vendas por meio de tecnologia, para atrair diferentes perfis de consumidores.

 

Ainda de acordo com o IBGE, a atividade de tecidos, vestuário e calçados registrou saldo positivo de 24,1% no 1º tri de 2022. Já em março, o crescimento foi de 81,3%, em relação ao mesmo mês de 2021, sendo o terceiro consecutivo e o maior aumento desde maio do ano anterior.

 

"Com a retomada constante do comércio e a volta da confiança do consumidor em sair de casa, notamos um aumento expressivo nas vendas nos primeiros meses deste ano, no nosso caso ainda mais, pois pegamos o retorno às aulas que impulsiona a busca por novos calçados e mochilas. Acreditamos que o aquecimento do setor irá se manter, tendo em vista não só as aulas presenciais, como também os encontros em família e amigos sendo realizados com mais frequência. Além disso, todos os aprendizados que tiramos nos últimos dois anos contribuem para um negócio mais sustentável, aliado ao atual momento do consumidor, que procura por praticidade e facilidade ao comprar e produtos mais alinhados com tendências, sem perder o conforto e o bem-estar. Isso nos mostra que estamos no caminho certo", finaliza a presidente da Calçados Bibi, Andrea Kohlrausch.

 

Sobre a Calçados Bibi

Promover o desenvolvimento natural e saudável para o público de 0 a 9 anos é uma das premissas básicas da Calçados Bibi. A marca é pioneira e líder em desenvolver produtos a partir de pesquisas e estudos científicos. Conquistou reconhecimento do setor a partir do desenvolvimento dos calçados atóxicos, fisiológicos e da tecnologia da exclusiva palmilha Fisioflex Bibi, que proporciona a sensação de andar descalço. Com o propósito de fazer o bem para gerar boas lembranças, a Bibi, fundada em 1949 e referência no mercado de calçados infantis, visa o incentivo às práticas sustentáveis, o estímulo ao desenvolvimento saudável das gerações futuras, e o cumprimento das suas responsabilidades sociais para a construção de um mundo melhor. Com fábricas em Parobé (RS) e em Cruz das Almas (BA), produz mais de 2 milhões de pares ao ano. Presente em mais de 70 países nos cinco continentes, no Brasil está em mais de 3.500 mil pontos de venda multimarcas, além do e-commerce e de uma rede de franquias com mais de 140 lojas. A empresa é a primeira calçadista certificada pelo Selo Diamante de Sustentabilidade, que atesta o compromisso com as iniciativas nos processos industriais, bem como o desenvolvimento de ações em sintonia com os pilares estabelecidos pelo programa de Origem Sustentável: Ambiental, Econômico e Social.

 

Mais informações sobre a Bibi
Central de atendimento: (51) 3512-3344
Instagram: @bibi
Facebook/Bibi




SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS





 

 

 

 








MAIS ACESSADAS NO SITE::

Moda sustentável: Qual a importância dela na atualidade ?

Tricot é tendência para 2022; saiba como usar e fazer looks arrasadores

Artistas e mundo da moda multiplicam possibilidades e ganhos no metaverso