DECORAÇÃO: Como usar o padrão geométrico

Urban Arts disponibiliza obras de arte que estimulam diferentes sensações e conferem mais personalidade aos projetos de design

Romper com as representações da natureza, as expressões e a ideia de arte rigorosa e formal presentes nas academias da época. Foi assim que surgiu a vanguarda europeia do Abstracionismo Geométrico, movimento artístico do início do século XX, influenciado diretamente pelo Cubismo e Futurismo.



Obra GEOMÉTRICO 1999, assinada por Thiago Goes e à venda na Urban Arts

Prezando por uma composição de elementos mínimos, linhas retas, cores primárias e neutras, a arte geométrica busca a pura e simples apreciação, sem compromissos com o real. Para o artista holandês Piet Mondrian (1872-1944), um dos principais nomes do movimento, o grande papel dessa arte era alcançar a harmonia e a essência por trás das aparências, encontradas nos traços objetivos e na cor.



Obra GEOMÉTRICO 2011, assinada por Thiago Goes e à venda na Urban Arts

Marcantes e atemporais, as obras geométricas são grandes aliadas na decoração. Mais do que estimular diferentes sensações por meio de efeitos visuais, as peças desse estilo podem criar a ideia de amplitude no ambiente e são facilmente adaptáveis a diferentes propostas de decoração, das minimalistas às cheias de bossa e cor.



Obra GEOMÉTRICO 1988, assinada por Thiago Goes e à venda na Urban Arts

Para acertar e manter a harmonia no projeto, a principal dica é conciliar a base de cor do mobiliário com a paleta escolhida para as obras que irão compor a decoração. Já se a ideia é valorizar as formas, mantenha uma conexão entre os traços presentes e os objetos decorativos – mas cuidado com os exageros: explorar muitas padronagens e texturas diferentes pode sobrecarregar a atmosfera do ambiente.


Pensando nisso, na Urban Arts é possível encontrar milhares de obras que possibilitam transportar essa vanguarda europeia para dentro de casa. Confira uma seleção:



1. Obra GEOMÉTRICO PINK NEON, assinada por Claudia Dias e à venda na Urban Arts;

2. Obra TRIANGLE - YELLOW II, assinada por Renato Kolberg e à venda na Urban Arts;

3. Obra GEOMETRIC ILLUSION 015, assinada por Isaac Zanacci e à venda na Urban Arts;

4. Obra IN MANY WAYS, assinada por Dani Pires e à venda na Urban Arts;

5. Obra XAMANISMO GEOMÉTRICO SUPRA, assinada por James Passos e à venda na Urban Arts;

6. Obra ROUTES, assinada por Larissa Galles e à venda na Urban Arts;

7. Obra TRIANGULARES 6, assinada por Fernando Vieira e à venda na Urban Arts.


 

Urban Arts

www.urbanarts.com.br

@urbanarts


Líder no segmento de artes, a Urban Arts nasceu em 2009 da materialização do sonho de André Diniz, um apaixonado por design e ilustração, de tornar a arte acessível. A galeria que nasceu online e hoje já conta com 31 unidades físicas em 14 estados e o Distrito Federal, traz consigo a ideia de reunir artistas independentes do Brasil e do mundo produzindo artes exclusivas, autorais e com tiragem limitada de forma acessível a clientes. A entrada do sócio Gustavo Guedes abriu novos horizontes e fez com que a marca multiplicasse seu faturamento ao tecer uma rede de franquias sólida. Após mais de 10 anos, o acervo da Urban Arts conta com mais de 200 mil imagens de mais de 9 mil artistas.






SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS






QUER APRENDER A GANHAR DINHEIRO NA INTERNET ? 





MAIS ACESSADAS NO SITE::

MODA: Manu Gavassi é a nova embaixadora de Vogue Eyewear

Tricot é tendência para 2022; saiba como usar e fazer looks arrasadores

Moda sustentável: Qual a importância dela na atualidade ?

Artistas e mundo da moda multiplicam possibilidades e ganhos no metaverso