BELEZA: Corrente de comércio do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos cresce 3,8% de janeiro a maio de 2022

De acordo com a ABIHPEC, a Balança Comercial do setor de HPPC apresentou o melhor resultado entre o período de janeiro a maio dos últimos 12 anos

 

A corrente de comércio do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC) atingiu US$ 599.2 milhões de janeiro a maio de 2022, representando um aumento de 3,8% na comparação com o mesmo período de 2021 (US$ 577,2 milhões). O saldo da Balança Comercial também apresentou superávit no valor de US$ 20,7 milhões. Em 2021, no mesmo período, o saldo foi um déficit de US$ 34,3 milhões. A marca alcançada no consolidado de janeiro a maio é a melhor desde 2010, quando o saldo foi de quase US$ 60 milhões. 
 

O cenário é positivo para os cinco primeiros meses do ano, apesar do déficit da balança comercial do mês de maio, que apresentou queda no valor de US$ 1,6 milhão. Uma das razões para o déficit em maio pode ser observada devido ao aumento de importação de alguns itens, como os de higiene oral, valor importado acima dos meses anteriores e a queda nas exportações de sabonetes, que variou 2,4% para baixo no mês de maio, sendo um item de destaque das exportações do setor em 2022.
 

"Há uma preocupação em relação aos gastos na logística internacional e para as reservas de carga no modal marítimo, que afetam custos e os compromissos nas importações e exportações do setor de HPPC", comenta João Carlos Basilio, presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC). "A Indústria tem buscado alternativas para manter os produtos cada vez mais competitivos, mas dar previsibilidade às empresas é fundamental para a garantia e manutenção dos negócios do setor".
 

Exportações x Importações

No geral, em maio de 2022, as exportações do setor alcançaram o valor de US$ 63.2 milhões, o que representou um aumento de 1,2% em relação ao mesmo mês do ano anterior (US$ 62.4 milhões). Já as importações totalizaram US$ 64.8 milhões, uma redução de 0,4% em comparação a maio de 2021 (US$ 65.0 milhões). A corrente de comércio em maio de 2022 atingiu US$ 128.0 milhões, aumento de 0,5% na comparação com o mesmo período em 2021 (US$ 127.4 milhões).
 

Ao olhar para o consolidado de janeiro a maio deste ano, as exportações dos produtos de HPPC alcançaram o valor de US$ 309.9 milhões, crescimento de 14,2% em relação ao mesmo período de 2021 (US$ 271.4 milhões). Em importações, o resultado total foi de US$ 289.3 milhões, redução de 5,4% em comparação ao período de janeiro-maio do ano anterior (US$ 305.8 milhões).

 

Produtos em destaque
Em maio de 2022 as categorias de Produtos para cabelos (US$ 16,4 milhões), Sabonetes (US$ 12,1 milhões) e Cremes para Pele (US$ 5,7 milhões) foram as mais exportadas pelo setor.

Já nas importações, se destacaram as categorias de Cremes para Pele/Protetores/Bronzeadores (US$ 13,4 milhões) Fragrâncias (US$ 11,6 milhões) e Produtos de Higiene Oral (US$ 8.7 milhões).

 

Exportações do Beautycare Brazil crescem 24,1% de janeiro a maio de 2022
As empresas participantes do Beautycare Brazil projeto de Internacionalização da Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, somaram US$ 67,19 milhões em exportações de janeiro a maio de 2022, registrando um crescimento de 24,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.
 

Desenvolvido pela ABIHPEC em parceria com a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), o projeto contou, de janeiro a maio deste ano, com 66 empresas exportadoras, que juntas venderam 116 produtos para 105 destinos do mundo. Produtos para Cabelos se mantêm na liderança das exportações na vertical de produtos acabados e a Argentina o principal mercado-alvo.

 

Sobre a ABIHPEC - A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) é uma entidade privada que tem como finalidade representar nacional e internacionalmente as indústrias do setor, instaladas em todo país e de todos os portes, promovendo e defendendo os seus legítimos interesses, por meio de ações e instrumentos que contribuam para o seu desenvolvimento, buscando fomentar a competitividade, a credibilidade, a ética e a evolução contínua de toda a cadeia produtiva.

 







SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS






QUER APRENDER A GANHAR DINHEIRO NA INTERNET ? 






MAIS ACESSADAS NO SITE::

MODA: Manu Gavassi é a nova embaixadora de Vogue Eyewear

Tricot é tendência para 2022; saiba como usar e fazer looks arrasadores

Moda sustentável: Qual a importância dela na atualidade ?

Artistas e mundo da moda multiplicam possibilidades e ganhos no metaverso