5 dicas para criar um closet funcional

Criare oferece soluções sofisticadas e inteligentes para a elaboração dos espaços


Em projeto de closet da Criare Bento Gonçalves, foram utilizados o padrão madeirado Nórdico; estruturas em metalon preto; laca preta em alto brilho; frentes em alumínio preto safira e vidro preto; cabideiros e acessórios para gavetas em couro preto; e puxadores Yuma preto. Foto: Roberta Gewehr.

A maioria das pessoas já passou pelo pesadelo de ficar horas procurando o que vestir, sem encontrar nada em meio às roupas. Apesar de comum, muitas vezes esse problema não está relacionado com a falta de opções, mas sim, à má organização das peças e disposição dos móveis, o que dificulta uma visualização completa do que se tem.

 

Com a rotina corrida, investir em um closet que, além de sofisticado, seja prático e moldado de acordo com as necessidades individuais é essencial. Pensando nisso, a Criare elaborou 5 dicas fundamentais para serem aplicadas na hora de organizar e/ou projetar um closet.

 

Confira:

 

1.     Avalie as suas necessidades: os hábitos devem ser levados em conta na hora de montar e organizar o closet. O projeto ideal é aquele que atende às necessidades dos moradores e, para isso, é importante analisar o que é utilizado com mais frequência para acomodar em uma parte mais acessível do armário, ao alcance das mãos e olhos.

 

2.     Luzes internas nos armários: uma ótima ideia para as áreas mais baixas dos armários é utilizar lâmpadas internas. Assim, luzes que acendem automaticamente ao abrir a porta facilitarão a visualização das peças armazenadas na parte inferior do móvel e, além disso, locais que tenham maior quantidade de objetos podem demandar maior destaque de luminosidade.

 

3.     Espelho é essencial: ao projetar um closet é essencial pensar em otimizar ao máximo a metragem do espaço e uma ótima aposta pode ser optar pelo uso de espelhos nas portas de correr. Além de conferir amplitude ao ambiente e ajudar na iluminação, os espelhos se tornam mais versáteis deslizando pelos trilhos.

 

4.     Separe a sapataria do restante das roupas: outro ponto muito importante é destinar uma divisória apenas para os calçados. Além de facilitar a organização, esse dimensionamento também evita o contato das outras peças com a sapataria, impedindo que as roupas peguem odor.

 

5.     Explore a ventilação natural: a ventilação no ambiente evita que as roupas fiquem com cheiro de guardadas ou mofem. Para isso, aposte em closets do estilo aberto, que permitem o contato do ar com as roupas, além de explorar o uso dos cabides para organizar as peças em compartimentos mais altos.



Em projeto de closet da Criare Florianópolis, foram utilizados o padrão Duna e a estrutura metálica com frentes de gaveta em vidro metalizado na cor rosé. Foto: Roberta Gewehr.





SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS




MAIS ACESSADAS NO SITE::

Moda sustentável: Qual a importância dela na atualidade ?

Tricot é tendência para 2022; saiba como usar e fazer looks arrasadores

Artistas e mundo da moda multiplicam possibilidades e ganhos no metaverso