06/06 agora é o Dia da Meia! Confira alguns motivos pelos quais as meias merecem um dia especial

Lupo traz #DiadaMeia | Créditos: Divulgação/Lupo


Dia 06/06 agora entra oficialmente no calendário como o Dia da Meia. Idealizado pela Lupo e pela OD Brasil como um trocadilho com a data "meia-meia", a empresa criou um movimento para que as pessoas usem seus pares preferidos e compartilhem nas redes sociais com a hashtag #DiadaMeia, em comemoração à nova data. Além de ser uma peça de moda, ganhando cada vez mais destaque nas produções, as meias também têm diversos atributos que contribuem para a saúde e qualidade de vida.
 

"As meias fazem parte da história mundial, acompanhando homens e mulheres através do tempo e se moldando às necessidades de cada época. Para nós, as meias foram o início da nossa história e, por isso, são itens com que temos um carinho especial dentro da Lupo, nossa marca registrada e que merecia um dia especial", comenta Liliana Aufiero, Diretora Presidente da Lupo, marca centenária e referência da indústria têxtil no Brasil.

 

Não é só impressão, pesquisas mostram que de fato as meias nos ajudam a dormir melhor. A sensação de conforto que as meias trazem preparam nosso corpo para a hora de dormir, como um aviso para o cérebro, que começa a entrar num estado de relaxamento. Isso foi comprovado por um estudo publicado no Journal of Physiological Anthropology, que aferiu que o uso de meias teve "efeitos positivos na qualidade do sono" dos participantes, inclusive diminuindo o tempo que as pessoas levavam até começarem a dormir.


 As meias também são fundamentais para a saúde e o bem-estar durante as práticas esportivas. Existem meias específicas para isso, como as da Lupo Sport que reduzem a fadiga dos músculos, ajudando no relaxamento das pernas e panturrilhas, e há também modelos com funções especiais para determinados tipos de esportes, como atletismo, por exemplo, com a compressão exata para o melhor desempenho dos atletas.

 

Já no meio da moda, as meias são cada vez mais protagonistas nos looks, sejam elas coloridas, neutras, três quartos ou meias-calças, essas peças são atemporais e trazem mais estilo e personalidade para as produções. Na temporada de outono/ inverno deste ano, as meias-calças com estampas meigas, como: poá e mini corações estão em alta.



 A importância histórica das meias: de acessório desejo a símbolo da luta pela liberdade das mulheres
 

A história da meia, como a gente conhece, tem como ponto de partida a criação do náilon, em 1935, que tornou possível fabricar meias de inúmeras formas. Nascida como fábrica de meias e sempre pioneira dentro da indústria têxtil, a Lupo recebeu as primeiras amostras do náilon em 1947, quando já despontava no cenário brasileiro como a maior fabricante de meias masculinas produzidas em material 100% algodão. Mas, mesmo antes disso tudo, alguns historiadores dizem que por volta de 600 a.C. as mulheres gregas já usavam um tipo de meia por baixo de sandálias, que cobriam os dedos e os calcanhares. Muitos anos mais tarde, há registros de um item chamado "soccus", que era usado pelas mulheres em Roma e eram feitas de couro para proteger os pés.

 

A evolução da meia deu origem mais tarde às meias de seda, usadas com ligas e espartilhos que viraram febre na França. Não só como adorno, as meias também viraram símbolo para a defesa da liberdade das mulheres no país, que passaram a usar meias de seda azuis para representar seus ideais revolucionários.

Por muitos anos, as meias de seda eram a única opção, mas além de serem caras, eram frágeis e pouco duráveis. Por isso, a chegada do nylon foi tão impactante, pois mudou o cenário completamente. Um marco histórico se deu, em 15 de maio de 1940 nos Estados Unidos, quando foram lançadas pela primeira vez meias finas de nylon. Apenas neste dia foram vendidas mais de 4 milhões de pares e as filas para adquirir a novidade eram enormes. Pouco tempo depois, houve uma paralisação da produção das meias, pois o nylon passou a ser destinado para a fabricação de paraquedas e outros materiais militares, que seriam usados na Segunda Guerra Mundial. Sete anos mais tarde, a Lupo trouxe essa tecnologia para o Brasil e começou a implementar o nylon na sua produção.


 

6/6 é o #DiadaMeia, uma iniciativa da Lupo | Créditos: Divulgação/Lupo
 






Ganhe uma Consultoria Grátis com Atendimento Online:






SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS






MAIS ACESSADAS NO SITE::

Moda sustentável: Qual a importância dela na atualidade ?

Tricot é tendência para 2022; saiba como usar e fazer looks arrasadores

Artistas e mundo da moda multiplicam possibilidades e ganhos no metaverso