Maison Mugler comunica o falecimento de Manfred Thierry Mugler


É com profunda tristeza que a Maison Mugler comunica o falecimento de Manfred Thierry Mugler neste domingo, 23 de janeiro de 2022. Um visionário cuja imaginação como costureiro, perfumista e criador de imagens empoderou pessoas ao redor do mundo a serem mais ousadas e a sonharem mais alto a cada dia.

 

"Este é um momento de profunda emoção e grande tristeza para as equipes da Maison Mugler", afirma Sandrine Groslier, presidente global da Mugler fashion & fragrance. "Nos quase 30 anos de colaboração, lembro dele como um gênio que revolucionou o mundo da moda, fragrâncias, fotografia e encenação. Um artista para quem o limite não era limite. Um gênio excepcionalmente talentoso, visionário e inclusivo. Além de ser um criador com uma energia infinita e um senso de criatividade sem limites, desejo acima de tudo prestar homenagem ao homem sensível, generoso e sincero. Hoje estamos pensando em todos aqueles que, como nós, o amam e perderam a sua estrela", completa.

 

Manfred Thierry Mugler, 21 de dezembro de 1948 - 23 de janeiro de 2022, foi um estilista francês, perfumista e diretor criativo. Um artista completo. Na década de 1970, Mugler fundou sua casa de moda que carrega o seu nome; e rapidamente ganhou destaque nas décadas seguintes por sua abordagem vanguardista, arquitetônica, hiperfeminina e teatral da alta costura. Materiais inesperados, desfiles de moda concebidos com performances, avanços olfativos, ele foi um daqueles que quebrou todos os códigos e todos os padrões. Inclusive sociais. Livre e vanguardista, nunca deixou de nos levar aos seus mundos imaginários e de nos impulsionar ao extraordinário, no sentido literal do termo.

 

Perto das celebridades, ele desenhou looks exclusivos para Grace Jones, David Bowie e Diana Ross, bem como roupas para o videoclipe "Too Funky" de George Michael. Apaixonado por perfumes, lançou o icônico Angel em 1992, que se tornou uma das fragrâncias mais vendidas do século XX.

 

Nos últimos anos, os arquivos de Mugler viram um ressurgimento significativo entre as celebridades que usavam seus designs em tapetes vermelhos e videoclipes. Em 2019, o Museu de Belas Artes de Montreal (MMFA) lançou a exposição 'Thierry Mugler: Couturissime' dedicada a ele. Um evento excepcional que desembarcou em Paris no outono passado.

 


MAIS ACESSADAS NO SITE::

Moda sustentável: Qual a importância dela na atualidade ?

Marrom é o novo preto: cor é tendência no outono-inverno

Mais moderna e descontraída, Marisa apresenta nova coleção de jeans

Além das tendências de moda: peças clássicas ajudam a montar looks modernos

Artistas e mundo da moda multiplicam possibilidades e ganhos no metaverso